Sopas de bacalhau

Sopas de bacalhau

A palavra “sopas” tem significado diferente para a região do Alentejo em Portugal local de origem da receita, e a definição de “sopas” para os alentejanos é: pedaços de pão num meio líquido aromatizado, acompanhados de outros ingrediente dentre os quais os ovos, logo, por possuir essas características, as “sopas” assemelham-se a açorda, receita que também é típica do Alentejo .

As sopas não são, portanto, o caldo e sim o pão que lá se põe, não vai ao lume e isto quer dizer que ela não é cozinhada, mas tão somente escaldada.

A princípio era comida de camponês porque era o que se comia nos campos, e apesar de ser semelhante a açorda, possui algumas diferenças, pois as ervas na açorda precisam ser pisadas no almofariz, e as ervas que são postas nas sopas apenas são adicionadas na terrina ou directamente no prato para aromatizar o comer. No meu caso, utilizei a hortelã porque gosto do aroma e do frescor que a hortelã deixa na receita, mas há quem adicione outras ervas, como por exemplo os coentros, tudo é questão de gosto.

Então, para começar bem o mês, nada melhor que estas Sopas de bacalhau, receita que como foi dito anteriormente, é antiga e era preparada tanto por minha avó quanto por minha mãe, pois era comum antigamente cozer pão caseiro na sexta ou no sábado para a semana toda, e as sobras do pão da semana não se deitavam fora, aproveitava-se para preparar esta e outras receitas.

Talvez a receita sirva como uma dica ou inspiração para quem tem o hábito de deitar fora as sobras do pão caseiro, digo-lhes, não façam isso, reaproveite e preparem estas sopas.

Graças aos meus compatriotas do Alentejo, agora sabemos que é perfeitamente possível criar comidas saborosas com poucos ingredientes, e podemos dizer que alimentar-se de pão e água é sim bom, saboroso, económico e saudável.

 

  • 300g de Pão caseiro fatiado (780 kcal)
  •  1 Posta de bacalhau ±280g (230 kcal)
  •  1 Ovo (67,5 kcal)
  •  3 Dentes de alho fatiados (12 kcal)
  •  Pimenta a gosto (2,55 kcal)
  • Azeite a gosto ±40ml (354 kcal)
  •  Hortelã a gosto ±10g (5 kcal)

 Dados úteis sobre a receita

  • Tempo de preparação: 25 minutos
  • Grau de dificuldade: baixo
  • Número de pessoas que serve: 1

Num tacho com água ao lume coloque a posta de bacalhau para cozer entre 12 a 15 minutos.

Enquanto o bacalhau está a cozer, prepare o prato, ponha as fatias de pão pequenas no fundo, adicione em seguida as fatias de alho, e os ramos de hortelã.

Faça outra camada com as fatias de pão, agora maiores, o alho fatiado e os ramos de hortelã, e reserve em seguida.

Passado o tempo da cozedura do bacalhau, verifique se está cozido, caso esteja, retire a posta d’água.

Na água que cozeu o bacalhau escalfe o ovo, deixa-se fervendo por 3 minutos.

Passado os 3 minutos retire o ovo escalfado d’água.

Reserve a água da cozedura que irá ser utilizada em cima das fatias de pão.

Voltando ao prato, coloque a posta de bacalhau por cima das fatias de pão, decore com um ramo de hortelã.

Ponha o ovo escalfado em cima da posta do bacalhau, adicione pimenta por cima.

Adicione a água com o caldo que cozeu o bacalhau e escalfou o ovo para ficarem bem ensopadas as sopas.

Regue tudo com um fio de azeite.

Está pronto para ser servido, espero que goste e bom apetite.

 

Notas:

Teor calórico da receita = 1451,05


%d bloggers like this: