Pudim de côco gelado

Pudim de côco gelado

Não se sabe ao certo onde e quando originou-se a receita do pudim, o que tem-se notícias é, que os pudins antigos eram e ainda são apresentados na forma de massa sólida constituída pela mistura de vários ingredientes unidos por uma liga que pode incorporar farinha, sangue, ovos, ou uma mistura de gordura e farinha ou algum outro cereal. Estes tipos de pudins podem ser assados, cozidos ou fervidos e são comuns em vários lugares do mundo, em especial na Grã-Bretanha, podendo ser servidos como uma refeição principal ou sobremesa.
Conta a lenda que a receita do pudim foi inventada por um abade português, que a guardava a sete chaves, todavia, a popularidade do seu doce era tanta que ele decidiu realizar uma competição com outros confeiteiros de sua época, com o intuíto de verificar se algum dos competidores conseguiria preparar o pudim perfeitamente como ele. Por óbvio, niguém conseguiu preparar um pudim como o do abade, contudo, já possuiam a idéia de como chegar a algo próximo. Dizem que a receita do abade só foi revelada, e veio a tona após sua morte, e nela continha os seguintes ingredientes: açúcar, gema, água e toucinho de porco que faziam o Pudim de Priscos, um sucesso bem simples da culinária portuguesa.
Existem receitas de pudins na versão salgada que não é tão comum, que podem levar queijo, sardinha, bacalhau, atum, galinha ou vitela, e na versão doce, esta bem mais comum e popular e, é consumida como sobremesa ou como doce em separado.
O pudim de leite é o mais popular que leva uma deliciosa calda de caramelo, porém existem outras formas saborosas de preparar pudins, como o pudim de claras que chamamos de molotof, e temos em nosso site duas receitas deste pudim, que são o molotof e o molotof de baunilha; pudim de pão, de chocolate, de morango, de maracujá, bem como nas versões mais modernas, o chamado pudim de microondas e os pudins gelados que não vão ao forno para cozer, pois são preparados previamente no liquidificador e de seguida vão ao frigorífico (geladeira), e ficam tal e qual os pudins que precisam ir ao forno. Este pudim de coco gelado é um exemplo dos novos pudins gelados.

 

  • 200ml de Leite de côco (354 kcal)
  •  300ml de Natas (1043 kcal)
  •  300ml de Leite (138 kcal)
  •  390ml de Leite condensado (1283,75 kcal)
  •  10 Folhas de gelatina sem sabor (20g) (61,9 kcal)
  •  Côco fresco ralado para enfeitar a gosto ±20g (135,4 kcal)
  •  80g de Côco ralado (541,6 kcal)

 

 Dados úteis sobre a receita

  • Tempo de preparação: 6 minutos + 5 horas no frigorífico
  • Grau de dificuldade: baixo
  • Número de pessoas que serve: 10

Comece adicionando os ingredientes no liquidificador. O leite de côco, as natas, o leite, o leite condensado, a gelatina (previamente derretida no microondas), e finalmente o côco ralado.

Bata de seguida os ingredientes por 4 minutos.

No fim de bater, despeje a mistura numa forma, tape e leve ao frigorífico (geladeira) entre 4 a 5 horas.

Passado o tempo necessário desenforme o pudim e enfeite com o côco ralado.

Lembrando que pode substituir o côco ralado pelo caramelo líquido se quiser ou enfeitar o pudim da forma que desejar e gostar. Bom apetite a todos.

 

Notas:

  • Teor calórico da receita = 3558 kcal
  • Por pessoa = 356 kcal

Veja esta receita em video no YouTube


Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
%d bloggers like this: